As 16 melhores equipes de PUBG MOBILE competem em Berlim por 315 mil dólares (cerca de R$ 1,2 milhão na cotação atual) nas finais do Club Open 2019.

O primeiro colocado fica com o prêmio principal de US$ 180 mil, o segundo com US$ 90 mil, o terceiro com US$ 45 mil.

Após 12 partidas ao longo dos 2 dias das preliminares de PMCO, as equipes Purple Mood, XQF, Team Queso, Top Esports e All Rejection Gaming se enfrentaram e conquistaram as 5 vagas para as PMCO GLOBAL FINALS no próximo final de semana.

Seguem os destaques dos 2 dias de partidas espetaculares: 

A equipe chinesa XQF demonstrou um desempenho incrível no primeiro dia, com 3 vitórias das 6 partidas, deixando os demais 15 time para trás com um total de 181 pontos.

O esquadrão tailandês Purple Mood ficou em segundo lugar com 148 pontos, seguido pelo NOVA Monster Shield, da China, e o time japonês Squad All Rejection Gaming. As 4 equipes asiáticas lideraram o placar do primeiro dia.

Já no segundo dia, na primeira partida, a equipe XQF foi eliminada, para surpresa de muitos, logo após descerem no mesmo prédio com outros 2 esquadrões e ficaram em 16º e quase zeraram a pontuação.

Enquanto isso, o Purple Mood conquistou manteve seu ótimo desempenho, virando o jogo e conquistando a primeira posição no placar no final do segundo dia.

O esquadrão argentino Team Queso também surpreendeu a todos com suas jogadas estratégicas e desempenho consistente, ficando em 3º lugar no final. As 16 equipes finalistas que representarão seus respectivos países no Club Open 2019 são as seguintes:

  • América do Norte: Spacestation Gaming
  • Europa: TEAM UNIQUE
  • Wildcard: NOVA ESPORTS
  • Oriente Médio: SNT
  • Índia: TEAM SOUL
  • Coreia: Busan
  • China: ELG, XQF e TOP ESPORTS
  • América do Sul: Team Queso e BRAZILIAN KILLERS
  • Sudeste Asiático: Purple mood, RRQ e Bigetron
  • Japão: Scarz e All Rejection Gaming

Neste ano, a PUBG MOBILE permitirá que os espectadores usem o famoso sistema da Spidercam. Eles poderão assistir a toda a ação de 4 perspectivas diferentes que capturam toda a intensidade da situação dos jogadores.

Via Metro Jornal