A Refereum, uma startup de marketing para jogos, diz ter garantido uma parceria com a PUBG Corp. A parceria irá premiar os jogadores de PUBG com tokens RFR. A campanha inicial durará até 20 de agosto. Durante esse tempo, os jogadores de PUBG poderão ganhar recompensas no no jogo entrando diretamente no jogo e realizando conquistas, como ganhar partidas. A empresa diz que já ofereceu suas recompensas em jogos como o State of Decay 2, Fortnite, Apex Legends e também Battlefield.

A empresa, que afirma ter arrecadado US$ 32 milhões em uma venda privada no início de 2018, para criar o token RFR e oferecer aos criadores de games, streamers e players na promoção e visualização de novos jogos.

As empresas de jogos querem que pessoas influentes joguem seus jogos em plataformas de streaming como o Twitch, e também querem que os jogadores assistam a esses streams. Refereum argumenta que as recompensas podem ajudar no engajamento, e que registrar essas recompensas na blockchain as torna mais transparentes e justas.

O PUBG é um dos jogos de estilo de arena que competem com a Fortnite. Tem cerca de 350.000 jogadores por dia na Steam, de acordo com os gráficos Steam.

“O PUBG é o exemplo perfeito de um jogo que quer recompensar seus seguidores mais assíduos. Usar a blockchain para fazer isso ajuda a aproveitar toda a base de jogadores de influenciadores com micropagamentos, não importando o tamanho deles, em vez de recompensar apenas os maiores nomes ”.

Então, o que os jogadores podem fazer quando ganham RFRs? Refereum diz que o token pode ser usado para compras de jogos, ou itens do jogo, como armas ou skins. Refereum não é a única empresa a entrar no mercado de jogos. A startup Abyss, com sede na Rússia e financiada por uma ICO, tem um acordo com a Epic Games (desenvolvedora da Fortnite).

Para começar, acesse: https://refereum.com/

Via Guia do Bitcoin