A DreamHack oficializou, na última sexta-feira (12), que não fará competições de Rainbow Six Siege e PlayerUnknown’s Battlegrounds na edição do Rio de Janeiro entre os dias 19 e 21 de abril. O cancelamento, segundo a empresa, foi devido a “imprevistos graves em certas áreas do Parque Olímpico”, especialmente onde ocorreriam as atividades planejadas para os dois games.

O torneio de Counter-Strike: Global Offensive, no entanto, seguirá normalmente na capital carioca. A DreamHack Open Rio de Janeiro 2019 terá uma premiação de US$ 100 mil, o equivalente a R$ 388 mil em conversão direta, e contará com a presença confirmada de oito equipes internacionais de CS:GO, incluindo os times brasileiros Sharks Esports, FURIA Esports, W7M Gaming e INTZ.

“A organização esteve em contato com a Ubisoft, a PUBG Corporation e as equipes para tentar chegar a uma solução, mas, infelizmente, não foi possível”, cita a nota oficial da organização nas redes sociais. “Aos fãs de Rainbow Six Siege e PlayerUnknown’s Battlegrounds, pedimos as nossas mais sinceras desculpas pelo inconveniente”, continua, informando que todos os que adquiriram ingressos receberão um e-mail informando sobre o processo de reembolso, se assim preferirem.

Durante os 3 dias de evento, a DreamHack Rio contará com 3 arenas e atividades diversas, além dos campeonatos. Os interessados podem encontrar mais informações e atrações no site oficial do evento.

Via Voxel.