Para Brendan Greene, os tempos de Battle Royale e da luta para ser o último homem de pé já chegaram ao fim. Em entrevista, o criador de um dos maiores sucessos dos últimos anos disse que descarta o próprio envolvimento em um possível PlayerUnknown’s Battlegrounds 2, se é que uma sequência do game de ação efetivamente será lançada algum dia.

Segundo ele, a ideia agora é seguir por outros caminhos. Falando ao site GamesIndustry, ele diz adorar o gênero e a ideia por trás dos títulos de Battle Royale, mas que, ao mesmo tempo, ele já fez o dele e, por isso, é hora de explorar outras coisas. Na entrevista, ele ainda brincou, afirmando ter dado aos jogadores boas maneiras de matarem uns aos outros, mas que é o momento de seguir em frente.

Greene também está mudando literalmente de ares. Ele permanece como consultor em Battlegrounds, game que é o carro-chefe da produtora PUBG Corp. no momento, mas segue para liderar o que a empresa chamou de uma divisão para desenvolvimento de projetos especiais. Com isso, ele deixa os escritórios de Seul, na Coreia do Sul, e vai se mudar para Amsterdã, na Holanda.

Ele conta, entretanto, que não tem muitos detalhes sobre o que vai fazer a seguir pois seus novos projetos não existem ainda. De acordo com Greene, os trabalhos de momento são puramente experimentais, com a exploração de novas ideias no campo dos jogos online e a busca por novas maneiras de conectar as pessoas. O produtor disse ter carta branca do presidente da PUBG Corp., Chang Han KIm, para transformar as ideias em sua cabeça em algo jogável.

Por outro lado, isso leva tempo e Greene acredita que o primeiro projeto da nova divisão deve levar alguns anos para dar as caras. Segundo ele, não há pressão corporativa envolvida e nem mesmo um prazo para lançamento de um título. Menos ainda, inexiste a necessidade de criar um novo hit, como ele já fez duas vezes, com H1Z1 e, depois, PUBG. O produtor disse se considerar sortudo em estar nesse tipo de patamar em uma indústria tão competitiva.

A própria PUBG Corp. jamais falou no lançamento de uma sequência para PlayerUnknown’s Battlegrounds, um jogo que, apesar de ter caído um bocado diante dos concorrentes, ainda permanece como um sucesso tanto no PC e consoles quanto nos celulares e tablets. O título continua sendo atualizado e recebendo conteúdo em todas as plataformas.

Via Canaltech.